quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Palavras, Palavras que não se leva o vento...
Hoje quero falar sobre palvras...sim, palavras, aquelas que muitos dizem "vão embora ao vento" ou "elas marcam" e por aí vai.
Palvras que saem de nossas bocas. Sejam para fazer o bem,sejam para fazer mal. Sejam para abençoar ou para amaldiçoar.
São palavras.
Algumas usadas para sustentar negócios. Usadas nas trocas, nas vendas,no diálogo para dentro ouy para fora. Serve para manter o cliente como para harmonizar ou desarmonizar o ambiente de trabalho. As empresas sobre elas saltitam perigosamente como em caminhos de pedras em meios as escuras.
Palvras que os pais usam para manter o relacionamento com os filhos, ou pelo menos alguns tentam. Dependendo do que será dito, cobrado ou explicado, causam sérios e longos problemas. Se mal interpretado então...pq filhos também gostam de usar as palavras para expor opinião e querem que sejam aceitas. Não gostam de regras,na maioria... adoram debater em tudo.
Palavras que casais usam para dizer "eu te amo", "eu te quero", eu te odeio" e por aí seguem...
Enfim, palavras depois que saem da boca não tem mais retorno.
Palavras usadas com carinho, aquelas que afagam o ego, controlam uma confusão, que tranquilizam um coração aflito, essas palavras são as fortes...aquelas que marcam e levamos para vida toda.
Por isso é muito importante que prestemos bem atenção no que falamos. Naquilo proferimos. Porque nem tudo que sai da boca do homem é bom.
è muito gratificante ouvir uma plavra de carinho, um conselho, uma dica com jeitinhoPorque não é só o que você diz que faz efetio e sim como você diz.
Podemos xingar, chamar atenção de alguém, mas se o fizermos com jeito, com as palavras adequadas no momento oportuno, faz efeito satisfatório. Agora, dirigir-se a uma pessoa com raiva, com arrogância, com a intenção de ferir, se o objetivo é ajudar,o efeito é contrário e as vezes, devastador.
sim,porque existem palvras que chegam em nós tão fortes, pesadas que nos ferem tão profundamente e causam danos para o resto de nossas vidas.
Assim como aquelas que chegam como uma pluma, suave e aconchegante...vem, acalma, acalenta e nos dá segurança. essa sim, são as verdadeiras palavras. Aquelque auxilia, que informa,q ue ensina, que orienta e que declara.
Porque aquelas palavras que o vento leva, que vão para longe...tudo bem, mas existem aquelas pesadas, que nem vento, tempestade ou trovoadas as levam,pelo contrário, ficam e fazem crateras profundas.
Portanto, de tudo o que falamos, devemos antes pensar ...se é possível ser dito, se é necessário que a pessoa ouça o que temos a dizer. Se estamos certos do que vamos falar. Porque tudo temum efeito e retorna. Tudo que vai, volta. Se for bom, ótimo, agora, se foi ruim...sinto muito!
Mas eixste umapalvra que pode transformar tudo e qualquer situação, da pior para melhor. Do baixo para o alto. Uma palabra que nos orienta nso caminhos dif´cieis, nas horas de tribulação. Uma palavra que nos tira dúvidas e nos ensina o que devemos fazer quando tudo parece escuro e complicado. Essa é a Palavra de Deus. Que vem do alto, dos céus.
Quando aprendi a compreender a Palavra de Deus, a seguir corretamente suas orientações,minha vida tomou um novo rumo.
Esta Palavra que é mais doce que o mel, é lâmapda para os meus caminhos, refúgios para os que estão fracos, que renova as forças. Porque somente o Senhor que esquadrinha nossos caminhos, sonda nossos corações e nos conhece profundamente poderia nos dá palavras tão sábias, como as das escrituras. A B´blia Sagrada.
Se você ainda não descobriu o efeito dessas verdadeiras palavras, então coemce hoje mesmo a lê-las. Você verá mudanças indiscutíveis na sua vida. Você verá Deus agir na sua vida, falar com você de maniera tão clara, te orientando em todos os teus passos que nunca mais você se perderá no caminho. Palvras de amor, palavras de milagres e palavras de promessas. Essas sim, são palavras que fazem a diferença, que mexemconsoco causando mudanças surpreendentes em nosso viver.
Por isso amados, que devemos cada dia mais mergulhar nas profundezas nos espírito santo e pedir que nso oriente nessa vida para quando abrirmos a nossa boca, nossas palavras venham causar paz, alegria e não tristezas. Cuidado como que você diz. Nossas plavras tem poder!Seja em uma fofoca, em uma mentira ou em uma calúnia. Tudo tem retorno.
E se você é daqueles que não controla a língua, peça ajuda a Deus, para te transformar, te libertar e Deus em sua infinita misericórdia o fará. Porque Ele é Amor, como diz A SUA PALAVRA!
Encha sua mente com a Palavra de Deus e as trevas fugirão!
"É calando que se aprende a ouvir; é ouvindo que se aprende a falar; depois, é falando que se aprende a calar."(Autor desconhecido)
"Lembrai-vos de que a natureza nos deu dois ouvidos e uma boca para nos ensinar que mais vale ouvir do que falar."(Zenão)
"O mais valioso de todos os talentos é aquele de nunca usar duas palavras quando uma basta."(Thomas Jefferson)
FELIZES SÃO SO QUE OUVEM A PLAVRA DE DEUS E A GUARDAM!!!

2 comentários:

Sônia Massini disse...

Passei para te desejar um bom dia na doce paz de Cristo e deixar um bj no ♥

Sônia Massini disse...

Olá vim te desejar um lindo sábado e dizer que tem selinho pra vc no Autor-Esse Blog é realmente um amor pega lá ok.Doce paz e bj no ♥

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

Eu e meus desabafos...

Hummm...Fofoca é uma arma muito perigosa..que aniquila qualquer grupo por mais que este esteja bem ajustado. Vem como quem não quer nada , como uma ventania, derrubando tudo e espalhando por todos os lados as poeiras da confusão.
NiNguém está livre de fofoca...o menbro usado é a língua..esta sim, qdo não abençoa, amaldiçoa...
As pessoas devem estar antenadas para este ataque...Vem devagar e a pessoa usada para isso tem um dom, uma especialidade fora de sério!E é tão convincente que engana qualquer um...
Eu mesma já fui vítima de inúmeras fofocas e confesso que já fofoquei bastante...mas veja bem, qdo percebi o mal e o estrago que é feito e que prá consertar as vezes é impossível e deixa sequelas...Percebi que deveria me afastar de pessoas com esse dom, pq elas influenciam vc de uma maneira, que qdo percebe, já era!Fiquei mais atenta e escolhi com quem e o que devo comentar...Estou de olhos abertos e de prontidão...para não cair mais nessa cilada...
E um aviso aos fofoqueiros de plantão :TÔ FORA!!!GOSTA DE FOFOCA?ME ESQUECE,OK????


Irmãs...

Ah gentê...As vezes fico um pouco tristinha por ter tantas irmãs e sermos tão distante...Gostaria muito de poder reunir fins de semana todos para almoço com direito a gargalhadas...natal com mesa cercada por todos...mas não é assim...Bom, eu tenho esperanças de que um dia td será diferente...Afinal, somos sangue do mesmo sangue, do mesmo ventre..somos diferentes E SOMOS TODAS IGUAIS!!!!
A VIDRAÇA
Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher, através da janela de sua cozinha, reparou em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Três dias depois, também durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e novamente a mulher comentou com o marido: Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao acordar e ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido: Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha a deu sabão? Porque eu não fiz nada.
O marido calmamente a respondeu: Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei a vidraça da nossa janela!
E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Limpar a nossa própria vidraça antes de comentar a vida alheia.
E você?
Já limpou a sua vidraça?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...