sábado, 10 de abril de 2010

Será que a Amizade é mais forte que o Amor?


Um dia li um artigo sobre isso e achei interessante. Resolvi colocar aqui o que entendi e o que eu penso...sobre.
O Amor corresponde a uma busca de completude. Todos nós, desde o início da vida, temos a sensação de sermos incompletos. Parece que só nos sentimos inteiros e em paz quando estamos com o nosso eleito.
O Amor adulto é uma cópia do se passa na infância. O discurso é muito mais racional, mas as reações são idênticas ás das crianças. Casais apaixonados se tratam por diminutivos infantis e gostam de receber agrados tamém infantis. Esses pequenos detalhes não seriam importantes se não viessem acompanhados da noção de que aqueles que se amam tem mesmo direito sobre seus amados.
A mãe se acha com direitos sobre seus filhos e isso, até uma certa idade, daz sentido. Agora, que o marido possa dizer a sua esposa se ela pode ou não usar determinada roupa, ir ou não a um dado lugar, isso é grave ofensa aos direitos individuais.
O outro tipo de realcionamento íntimo que vivenciamos é a AMIZADE. Bom, neste o prazer da companhia é tão importante quanto oque existe nas relações amorosas. A confinaça recíproca e a cumplicidade costuma ser até maiores do que o compromisso selado entre casais. Somos mais respeitosos e menos dependentes de nossos amigos.
Para mim, fica bem claro que o amor é um processo infantil que costuma se perpetuar ao longo de uma vida adulta.
A amizade é um tipo de aliança muito mais sofisticada porque não busca a fusão e sim a aproximação de duas criaturas que tenham importantes afinidades e interesses em comum.
Nossa parte adulta estabelece vínculos respeitosos e ricos em intimidades, que correspondem á amizade.
No amor a gente sofre, se descabela, se precipita, se atira e depois, se arrepende!
Na amizade, a gente rir, desabafa, enfrenta, pensa, espera, lembra e conquista!
As vezes pbservo isso em certos casais. Quando estão juntos, são inimigos em tudo e qualquer situação.Na separação então, nem se fala...Depois, de separados se tornam amigos, e que amigos!! Aí vão compreender, entender, ouvir...ahhh!
Nesse artigo o autor diz que para ele a conlusão é: A Amizade é um processo muito mais adulto e inteligente que o amor.

Apesar de concordar com ele em alguns aspectos, eu penso que:

ONDE HÁ FÉ, HÁ AMOR.



ONDE HÁ AMOR, HÁ PAZ.



ONDE HÁ PAZ, HÁ DEUS.



ONDE HÁ DEUS, NADA FALTA.



E A FELICIDADE É CONTÍNUA E TRANSBORDANTE.


E VIVA O AMOR!!!
Nessa vida tudo é passageiro...
Nascemos, crescemos e quando muito esperamos, morremos.
O que se pode aproveitar então?É este momento chamado agora.
E às vezes estamos tão envolvidos com a correria do dia-a-dia, que não atentamos para as coisas simples que são as pessoas. Sim, as pessoas que nos cercam. A família, os amigos, os vizinhos, colegas de trabalho e até um desconhecido na rua que as vezes, precisa tanto da nossa ajuda.
Viver o momento é curtir esse agora...porque tudo isso um dia vai passar.E os bens materiais ficam. E se você souber aproveitar esse agora, ficará com saudades e com a consciência tranqüila do dever cumprido. Do contrário, ficará com remorso, porque não fiz isso e aquilo..quando tive a oportunidade.
Pois bem, vamos agora olhar ao nosso redor. Quem precisa de mim? A quem vou abraçar?Dizer que gosto. Dizer que amo?
São palavras que quase não usamos e que fazem tanta diferença. Às vezes é só o que a pessoa ao lado quer ouvir..Ou sentir, como um aperto de mão, um sorriso, um afago e até um toque nos ombros. Simples né?
Vamos acordar e viver o agora. Vamos dizer aos queridos que os amamos e que estamos aqui para o que der e vier.
Abrace agora seu filho(a) e diga que a(o) ama e que ele(a) é um Presente de Deus na sua vida.
Abrace agora seu pai e sua mãe e agradeça pelos conselhos, ensinamentos recebidos e que os ama de todo coração!
Abrace agora seu marido, esposa, noiva (o), namorada (o), diga que ele(a) é a melhor coisa que aconteceu na sua vida.
Ligue agora para seu amigo(a) e diga o quanto sua amizade é importante e fundamental.
Sorria para o seu colega de trabalho e ajude no que precisar e peça ajuda se necessário.
Aperte a mão do seu vizinho e agradeça pela sua simples presença ali ao lado... Dê um bom dia com satisfação e sempre um sorriso no rosto.
Olhe ao lado.
Quem precisa de você?
Uma senhora atravessando a rua?Ou até mesmo um cachorro? Um mendigo que precisa de uma esmola, um par de sapatos? Quem sabe?
Você está olhando para os lados, ao seu redor? Então faça isso! Faça isso agora, porque o tempo esta passando e talvez você não tenha mais oportunidades de voltar e dizer palavras que gostaria ou... talvez não encontre mais essa pessoa.
O momento é agora!

DESABAFO DE UM DESCONHECIDO

Eu estou muito, mas muito triste.
Eu não sei porque razão acontece tais mudanças, mas apesar de tudo, pressinto que muita gente deve estar exatamente como eu neste momento.
As vezes nós nos sentimos forte para dar conselhos e até mesmo tentarmos amparar pessoas necessitadas que aparecem no nosso caminho sei lá de onde.
Em outras vezes somos nós que necessitamos de uma pequena centelha de luz para poder encontrar explicações que a vida não deixa exposta na nossa frente.
Essa tristeza provém das coisas que leio e releio dentro desta página.
Eu até tento ajudar em algumas vezes, mas em outras, eu me sinto com as mãos atadas por não poder ajudar ou tirar alguém de uma situação delicada e difícil.
Os desabafos e os pedidos de socorro que aqui chegam, transformam as vidas daquelas pessoas que realmente tem algum tipo de sensibilidade. Nesse caso, eu sou uma destas pessoas e me abato diante das respostas ou das críticas que poderia dar ou fazer para aquelas pessoas que não conseguem encontrar as respostas das suas perguntas dentro do seu próprio ser.
A minha tristeza talvez seja porque ninguém consegue chegar em algum lugar sem antes desejar… sonhar… objetivar ou executar algum planos.
Eu leio histórias de enfermidades que me faz tremer de emoção por estar sendo testemunha do desabafo de alegria de quem em DEUS confiou sua doença e suas causas.
Eu leio histórias de jovens meninas a procura de um gesto de compreensão, pelo o seu amor por alguém ter sido grande, e quando desfeito, o desespero assolou suas vidas como se fosse um grande tormento.
Eu leio histórias de mulheres casadas e carentes a procura de um carinho, ou de uma simples palavra de outro homem para suprir o diálogo e as necessidades do seu coração na falta de um gesto de cumplicidade daqueles que com elas dividem um espaço sem vida dentro de um lar.
Eu leio histórias de mulheres que saem de casa a procura de um amante para suprir as suas necessidades físicas, porque dentro das próprias casas, são entendidas apenas como objeto de distração sexual dos maus maridos ou dos maus companheiros.
Eu leio histórias de pessoas descrentes e desesperadas porque perderam um amor ou pessoas que estimavam muito, e as vezes se esquecem de que ainda chegará o dia que outras pessoas próximas irão derramar suas lágrimas e lamentar suas perdas diante dos acontecimentos da vida normal.
Eu leio e releio muitas histórias.
Eu só não consigo entender porque ainda existem seres humanos incapazes de superar as próprias causas sem ajuda de outras pessoas.
Se DEUS PAI me desse poder.
Eu apenas pediria a ele que me desse asas bem forte para poder sair voando de onde eu estivesse para poder levar um conselho, um gesto de solidariedade ou uma única palavra ao encontro daqueles que se encontrassem num beco sem saída ou a beira da morte só para ver alegria e o sorriso estampado nos seus rostos.
Eu pediria também, que ele acabasse com todas as injustiças, por não aceitar testemunhar tantas maldades e injúria na face da terra.
Porém, como sou apenas um mortal tentando deixar uma história escrita por onde passo, eu me limito em dizer a todos para não se abaterem diante de qualquer situação que se encontrassem neste momento, mesmos que os motivos das suas tristezas sejam muitos…
Não vale apenas ficar aí triste e olhando para o horizonte, se você ainda tem forças para tentar chegar o mais perto possível do seu próprio horizonte que é a restauração do seu bonito e imenso interior.
Sai daí agora e tente vencer suas batalhas, pois, daqui a pouco voce ainda vai ter muitas guerras para vencer e muito obstáculos para ultrapassar.
Não se abata.
Encare o seu próprio destino e não baixe a cabeça por causa de uma pequena derrota.
Levanta e vai dar ajuda para os que mais precisarem de vocês, mesmo que não esteja tendo força para superar as próprias dificuldades.
Vai..




(Autor desconhecido)
Ah,porque que tem que ser assim...??



De repente,tudo acabou. Como um passe de mágicas...td se rompeu.
O vazio toma conta, o coração vive apertado, a melancolia ocupou seu lugar e a solidão,ah...essa vem chegando e espaçosa se espalha por todos os lados.
As lembranças ocupam os pensamentos a cada segundo...aí, a saudade vem fazer companhia e as lágrimas teimam em rolar....Tudo isso só pq nos separamos da pessoa que estava ali, 24 horas ligada a vc. Aquela pessoa que ligava de 10 em 10 minutos...cobrava e achávamos ruim, pedia atenção e achávamos que cobrava demais...o ciúme exagerado era visto como doença... nossa, agora, tudo isso faz falta. De repente descobrimos que era bom e não sabíamos...Que éramos felizes e não percebíamos...
Ignorávamos qualquer comportamento diferente,que talvez fosse um alerta de que algo não ía bem...
As vezes nos achamos tão seguros em uma relação que, ficamos tão tranquilos ao ponto de simplesmente, levar o relacionamento do jeito que der,pelo simples fato de acreditarmos que estamos seguros.
Oh,quanto engano!Como nosso coração é enganoso e astuto.
Como quebramos a cara quando deveríamos estar mais ligados. É isso! Estar atento!Regar a relação com carinhos diários. Com palavras de amor...dizem que palavras vão embora ao vento.Que nada, as pesadas ficam, marcam. De forma boa ou ruim, marcam.
Porque não acordamos a tempo?
Porque só damos valor quando perdemos?
Porque maltramos a quem realmente amamos?
Porque???
Ah, porque que tem que ser assim???
Simplesmente é assim...
DESABAFO DE UMA ESPOSA REBELDE...

São 7h.

O despertador canta de galo e eu não tenho forças nem para atirá-lo contra a parede.
Estou TÃO acabada, não queria ter que trabalhar hoje. Quero ficar em casa, cozinhando, ouvindo música, cantarolando até. Se tivesse filhos, gastaria a manhã brincando com eles, se tivesse cachorro, passeando pelas redondezas. Aquário? Olhando os peixinhos nadarem. Espaço? Fazendo alongamento. Leite condensado? Brigadeiro. Tudo menos sair da cama, engatar uma primeira e colocar o cérebro para funcionar. Gostaria de saber quem foi a mentecapta, a matriz das feministas que teve a infeliz idéia de reivindicar direitos à mulher, e por quê ela fez isso conosco, que nascemos depois dela. Estava tudo tão bom no tempo das nossas avós, elas passavam o dia a bordar, a trocar receitas com as amigas, ensinando-se mutuamente segredos de molhos e temperos, de remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas dos maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, colhendo legumes das hortas, educando crianças, freqüentando saraus... A vida era um grande curso de artesanato, medicina alternativa e culinária. Aí vem uma fulaninha qualquer que não gostava de sutiã, tampouco de espartilho, e contamina várias outras rebeldes inconseqüentes com idéias mirabolantes sobre "vamos conquistar o nosso espaço". Que espaço, minha filha? Você já tinha a casa inteira, o bairro todo, o mundo ao seus pés. Detinha o domínio completo sobre os homens, eles dependiam de você para comer, vestir, e se exibir para os amigos..., que raio de direitos requerer? Agora eles estão aí, todos confusos, não sabem mais que papéis desempenhar na sociedade, fugindo de nós como o diabo da cruz. Essa brincadeira de vocês acabou é nos enchendo de deveres, isso sim. E nos lançando no calabouço da solteirice aguda. Antigamente, os casamentos duravam para sempre, tripla jornada era coisa do Bernard do vôlei - e olhe lá, porque naquela época não existia Bernard e, se duvidar, nem vôlei. Por quê, me digam, por quê um sexo que tinha tudo do bom e do melhor, que só precisava ser frágil, foi se meter a competir com o "macharedo"? Olha o tamanho do bíceps deles, e olha o tamanho do nosso. Tava na cara que isso não ia dar certo. Não agüento mais ser obrigada ao ritual diário de fazer escova, maquiar, passar hidratantes, escolher que roupa vestir, que sapatos, acessórios, que perfume combina com o meu humor, nem de ter que sair correndo, ficar engarrafada, correr risco de ser assaltada, de morrer atropelada, passar o dia ereta na frente do computador, com o telefone no ouvido, resolvendo problemas. Somos fiscalizadas e cobradas por nós mesmas a estar sempre em forma, sem estrias, depiladas, sorridentes, cheirosas, unhas feitas, sem falar no currículo impecável, recheado de mestrados, doutorados, e especializações. Viramos supermulheres, continuamos a ganhar menos do que eles. Não era muito melhor ter ficado fazendo tricô na cadeira de balanço? Chega!, eu quero alguém que pague as minhas contas, abra a porta para eu passar, puxe a cadeira para eu sentar, me mande flores com cartões cheios de poesia, faça serenatas na minha janela - ai, meu Deus, 7h 30min, tenho que levantar!, - e tem mais, que chegue do trabalho, sente no sofá, coloque os pés para cima e diga: "meu bem, me traz uma dose de whisky, por favor?", descobri que nasci para servir.
Vocês pensam que eu estou ironizando? Estou falando sério!
Estou abdicando do meu posto de mulher moderna...
Troco pelo de Amélia.
Alguém se habilita?

(Autor anônimo)
DESABAFO DE UM BOM MARIDO
Autor: Luiz Ferando Veríssimo


Minha esposa e eu sempre andamos de mãos dadas.
Se eu soltar, ela vai às compras.
Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica. Então ela disse: 'Nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar'. Daí comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Eu me casei com a 'Sra. Certa'. Só não sabia que o primeiro nome dela era 'Sempre'.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la. Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha. Ela perguntou: 'O que tem na TV?' E eu disse 'Poeira'.
No começo Deus criou o mundo e descansou. Então, Ele criou o homem e descansou. Depois, criou a mulher. Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.
Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo. Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes, o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim. Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer. Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura. Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa. Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dente e lhe entreguei. '- Quando você terminar de cortar a grama,' eu disse, 'você pode também varrer a calçada.' Depois disso não me lembro de mais nada. Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida'.
O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido...


E aí maridos!!!kkkkk...


Fonte:http://www.mensagenseimagens.com.br/msg-amor/desabafo_de_um_bom_marido1260.html
ACIMA DAS DESILUSÕES!

Na vida todos nós enfrentamos desilusões.
Nos decepcionamos com amigos, parentes, e até conosco mesmo.
Nos desiludimos quando vemos um sonho se transformar em pesadelo, um alvo se transformar numa miragem bem distante, um desejo desaparecer como uma neblina.
A desilusão dói, como um ferimento.
Atinge aqualquer um, sem acepção.
Mas o importante é saber que novos sonhospodem ser sonhados, e que um novo dia certamente amanhecerá.
Fomos criados por Deus com a incrível capacidade de nos recuperarmos.
Fomos feitos com a capacidade de sair das cinzas para a glória, do nada para o tudo,da derrota para a vitória.
Como a águia, temos dentro de nós o desejode voar grandes alturas, portanto também acima das desilusões.
Cada desilusão é um convite a um novo sonho,a uma nova visão da vida.
É um convite a um novo desafio, a um novo caminho...
Sonhe, acredite e realize! Afinal, você tem o melhor das ferramentas:VIDA!!!

Fonte: (Autor desconhecido)

Hummm...Fofoca é uma arma muito perigosa..que aniquila qualquer grupo por mais que este esteja bem ajustado. Vem como quem não quer nada , como uma ventania, derrubando tudo e espalhando por todos os lados as poeiras da confusão.Ninguém está livre de fofoca...o menbro usado é a língua..esta sim, qdo não abençoa, amaldiçoa...As pessoas devem estar antenadas para este ataque...Vem devagar e a pessoa usada para isso tem um dom, uma especialidade fora de sério!E é tão convincente que engana qualquer um...Eu mesma já fui vítima de inúmeras fofocas e confesso que já fofoquei bastante...mas veja bem, qdo percebi o mal e o estrago que é feito e que prá consertar as vezes é impossível e deixa sequelas...Percebi que deveria me afastar de pessoas com esse dom, pq elas influenciam vc de uma maneira, que qdo percebe, já era!
Fiquei mais atenta e escolhi com quem e o que devo comentar.
Estou de olhos abertos e de prontidão para não cair mais nessa cilada.
E um aviso aos fofoqueiros de plantão :TÔ FORA!!!

GOSTA DE FOFOCA?ME ESQUECE,OK????

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

Eu e meus desabafos...

Hummm...Fofoca é uma arma muito perigosa..que aniquila qualquer grupo por mais que este esteja bem ajustado. Vem como quem não quer nada , como uma ventania, derrubando tudo e espalhando por todos os lados as poeiras da confusão.
NiNguém está livre de fofoca...o menbro usado é a língua..esta sim, qdo não abençoa, amaldiçoa...
As pessoas devem estar antenadas para este ataque...Vem devagar e a pessoa usada para isso tem um dom, uma especialidade fora de sério!E é tão convincente que engana qualquer um...
Eu mesma já fui vítima de inúmeras fofocas e confesso que já fofoquei bastante...mas veja bem, qdo percebi o mal e o estrago que é feito e que prá consertar as vezes é impossível e deixa sequelas...Percebi que deveria me afastar de pessoas com esse dom, pq elas influenciam vc de uma maneira, que qdo percebe, já era!Fiquei mais atenta e escolhi com quem e o que devo comentar...Estou de olhos abertos e de prontidão...para não cair mais nessa cilada...
E um aviso aos fofoqueiros de plantão :TÔ FORA!!!GOSTA DE FOFOCA?ME ESQUECE,OK????


Irmãs...

Ah gentê...As vezes fico um pouco tristinha por ter tantas irmãs e sermos tão distante...Gostaria muito de poder reunir fins de semana todos para almoço com direito a gargalhadas...natal com mesa cercada por todos...mas não é assim...Bom, eu tenho esperanças de que um dia td será diferente...Afinal, somos sangue do mesmo sangue, do mesmo ventre..somos diferentes E SOMOS TODAS IGUAIS!!!!
A VIDRAÇA
Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher, através da janela de sua cozinha, reparou em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Três dias depois, também durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e novamente a mulher comentou com o marido: Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao acordar e ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido: Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha a deu sabão? Porque eu não fiz nada.
O marido calmamente a respondeu: Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei a vidraça da nossa janela!
E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Limpar a nossa própria vidraça antes de comentar a vida alheia.
E você?
Já limpou a sua vidraça?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...