quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O amor acabou...mas a vida continua!

É muito difícil assumir que a nossa história de amor não teve um final feliz...e que finalmente acabou. Não é algo fácil de reconhecer... Mas o que fazer? Se não aceitar? Mesmo com o coração em pedaços, mas é preciso continuar... Momentos bons deixados prá trás...risadas, andar de mãos dadas, beijinhos, bilhetes na porta da geladeira...tudo acabou. A mágoa se instalou e com ela veio o silêncio... Mas eu não vou ficar lamentando. Vou me reerguer e começar uma nova história e levar dessa que passou, experiências para não repetir os mesmos erros... Recomeçar! É hora de virar a página! Vou ensaiar o sorriso mais bonito, recompor o coração e ensiná-lo a bater novamente. Mágoas e decepções serão deixadas de lado... Afinal, o mundo não para para esperar eu acordar. Eu tenho é que despertar agora e agir!

Parece simples, mas não é fácil!

E tenho certeza que conseguirei, porque meu objetivo nessa vida é ser feliz! E é em busca disso que estou caminhando... Removerei tudo oque me machuca e me impede de conquistar minha vitória. Colocarei Deus na minha frente e com isso, eu chego lá! Quem disse que quando um amor termina, a vida acaba? Que nada, existe vida após separação sim! Eis me aqui, em pé, firme e forte! O que passou, passou....o que importa agora, é o que vem pela frente. Vou em busca de um novo amor... Um amor nunca visto. Um homem que me ame de verdade! Como eu mereça ser amada! Um homem que ao me abraçar de olhos fechados, o mundo possa desmoronar a nossa volta e, mesmo assim, ainda me sentirei segura ali. Vou em busca das risadas soltas, liberdade de expressão. Onde tudo o que eu falar não seja usado contra mim... E sim admirado Quero ser ouvida, compreendida. Quero ser apoiada. Acreditada. Caminhar junto, lado a lado. Olhando na mesma direção...

Quero um amor diferente... Que me faça viver, sentir... e sonhar! E que não me faça ter vontade de querer parar de amar. Um amo antigo... Com flores, bombons e carinhos. Quero um amor para todos os dias, de uma forma inesperada e especial! Estou pedindo a Deus e vou esperar... Porque alguma coisa no ar me diz que ele vai chegar!

Image du Blog perolascraps.centerblog.net

Nenhum comentário:

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

Eu e meus desabafos...

Hummm...Fofoca é uma arma muito perigosa..que aniquila qualquer grupo por mais que este esteja bem ajustado. Vem como quem não quer nada , como uma ventania, derrubando tudo e espalhando por todos os lados as poeiras da confusão.
NiNguém está livre de fofoca...o menbro usado é a língua..esta sim, qdo não abençoa, amaldiçoa...
As pessoas devem estar antenadas para este ataque...Vem devagar e a pessoa usada para isso tem um dom, uma especialidade fora de sério!E é tão convincente que engana qualquer um...
Eu mesma já fui vítima de inúmeras fofocas e confesso que já fofoquei bastante...mas veja bem, qdo percebi o mal e o estrago que é feito e que prá consertar as vezes é impossível e deixa sequelas...Percebi que deveria me afastar de pessoas com esse dom, pq elas influenciam vc de uma maneira, que qdo percebe, já era!Fiquei mais atenta e escolhi com quem e o que devo comentar...Estou de olhos abertos e de prontidão...para não cair mais nessa cilada...
E um aviso aos fofoqueiros de plantão :TÔ FORA!!!GOSTA DE FOFOCA?ME ESQUECE,OK????


Irmãs...

Ah gentê...As vezes fico um pouco tristinha por ter tantas irmãs e sermos tão distante...Gostaria muito de poder reunir fins de semana todos para almoço com direito a gargalhadas...natal com mesa cercada por todos...mas não é assim...Bom, eu tenho esperanças de que um dia td será diferente...Afinal, somos sangue do mesmo sangue, do mesmo ventre..somos diferentes E SOMOS TODAS IGUAIS!!!!
A VIDRAÇA
Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher, através da janela de sua cozinha, reparou em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Três dias depois, também durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e novamente a mulher comentou com o marido: Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao acordar e ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido: Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha a deu sabão? Porque eu não fiz nada.
O marido calmamente a respondeu: Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei a vidraça da nossa janela!
E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Limpar a nossa própria vidraça antes de comentar a vida alheia.
E você?
Já limpou a sua vidraça?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...