segunda-feira, 12 de julho de 2010


PARE DE RECLAMAR!
Como é desagradável na vida convivermos com pessoas que tem o hábito de reclamar, de lamentar, de suspirar constantemente sob o "peso da vida"...
E como é pior ainda quando nós mesmos começamos a sucumbir a este triste vício de comportamento. Eu mesma tento sempre aceitar as dificuldades como desafio e enfrento...porque assim passa logo...mas reclamar???
Quando reclamamos, o fazemos através de palavras, gestos e emoções. É todo um processo de desgaste e perda de energia, tanto para o que reclama quanto para o que ouve. Nosso semblante, nosso coração, enfim, todo o nosso bem-estar é "envenenado" quando começamos com as reclamações e lamentações.
Verdade já foi dita, e que seja mil vezes repetida: Em qualquer área da vida, reclamar não leva ninguém a nada, falar que "a situação está preta, a crise está pegando, a vida é um fardo pesado e etc. de nada serve, a não ser para desgastar e dissipar energia que poderia ser usada para mudar as coisas.


Se algo em sua vida não vai bem, em relação ao trabalho ou a alguém de seu convívio, não só reclame, mas procure criar caminhos para a mudança. Reclamar é diferente de reivindicar mudança. Quem reclama só quer falar, lamentar, refletir sobre "com a vida é ingrata". Quem reivindica quer mudança, tomada de atitude, modificação de algo em si mesmo, no outro ou no ambiente ao redor.
Na vida pessoal e na carreira é inegável que sempre haverá convívio; seja entre duas, dez ou cem pessoas diferentes. E há coisas nos outros e na "vida" que certamente não vão nos agradar, assim como haverá coisas em nós que não agradarão a muitos.


Então o que eu quero propor aqui neste blog é uma breve reflexão sobre isto, e creio que pensar este tema traz benefícios para a vida como um todo.
Vamos pensar sempre se estamos "reclamando por hábito", ou "reivindicando mudanças" para melhor e criando condições para isto. Às vezes até parece que é a mesma coisa quando olhamos de longe; mas de perto faz uma diferença enorme!
Você acha que a grama do vizinho é mais verde que a sua?Então pule para o lado de lá da cerca e vai descobrir que a grama do vizinho também tem grilos, sapos e não é assim tão exuberante..era só sua imaginação.


Vamos enfrentar as dificuldades, agradecer a Deus por nos proporcionar o melhor: A vida!Você tem braços, pernas...então AGRADEÇA, se não os tem por alguma razão AGRADEÇA, E VIVA. Não fique aí parada(o) acreditando ser a(o) única(o) mais "prejudicada"(o)... A vida foi feita para se mexer, para correr atrás, para ser, DEFINITIVAMENTE, E CORAJOSAMENTE, VIVIDA!

Reflita!!!






Photobucket

Nenhum comentário:

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

ELE É A TUA FORÇA BEM PRESENTE!!!

Eu e meus desabafos...

Hummm...Fofoca é uma arma muito perigosa..que aniquila qualquer grupo por mais que este esteja bem ajustado. Vem como quem não quer nada , como uma ventania, derrubando tudo e espalhando por todos os lados as poeiras da confusão.
NiNguém está livre de fofoca...o menbro usado é a língua..esta sim, qdo não abençoa, amaldiçoa...
As pessoas devem estar antenadas para este ataque...Vem devagar e a pessoa usada para isso tem um dom, uma especialidade fora de sério!E é tão convincente que engana qualquer um...
Eu mesma já fui vítima de inúmeras fofocas e confesso que já fofoquei bastante...mas veja bem, qdo percebi o mal e o estrago que é feito e que prá consertar as vezes é impossível e deixa sequelas...Percebi que deveria me afastar de pessoas com esse dom, pq elas influenciam vc de uma maneira, que qdo percebe, já era!Fiquei mais atenta e escolhi com quem e o que devo comentar...Estou de olhos abertos e de prontidão...para não cair mais nessa cilada...
E um aviso aos fofoqueiros de plantão :TÔ FORA!!!GOSTA DE FOFOCA?ME ESQUECE,OK????


Irmãs...

Ah gentê...As vezes fico um pouco tristinha por ter tantas irmãs e sermos tão distante...Gostaria muito de poder reunir fins de semana todos para almoço com direito a gargalhadas...natal com mesa cercada por todos...mas não é assim...Bom, eu tenho esperanças de que um dia td será diferente...Afinal, somos sangue do mesmo sangue, do mesmo ventre..somos diferentes E SOMOS TODAS IGUAIS!!!!
A VIDRAÇA
Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher, através da janela de sua cozinha, reparou em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Três dias depois, também durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e novamente a mulher comentou com o marido: Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao acordar e ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido: Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha a deu sabão? Porque eu não fiz nada.
O marido calmamente a respondeu: Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei a vidraça da nossa janela!
E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Limpar a nossa própria vidraça antes de comentar a vida alheia.
E você?
Já limpou a sua vidraça?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...